Compostela: “II Encontro de Mulheres na Lusofonia. Mulheres, Territórios e Memórias”

Compostela: abre as portas a Casa da Língua Comum

DesdeCasa-da-Língua-Comum o Portal Galego da Língua:
“A Casa da Língua Comum é um projeto ao serviço da promoção da língua e a cultura que abre as suas portas o dia 25 de abril. Fica situada na rua de Emílio e de Manuel, 3, r/c – 15901 Santiago de Compostela (Galiza).
Os promotores, pessoas e entidades da sociedade civil com longa experiência e provada implicação na criação cultural, a investigação e o desenvolvimento da comunidade linguística galega, entendemos o momento presente como uma oportunidade para consolidar um novo modelo baseado no entendimento entre diferentes sensibilidades, a colaboração mútua e o aproveitamento das sinergias, para melhor servir a sociedade em que nos inserimos. (…)
A Casa da Língua acolhe os escritórios da Academia Galega da Língua Portuguesa e da Através Editora, e oferece o seu espaço a atos culturais, apresentações de livros, exposições e debate, como serviço à sociedade.” Este é o programa:

Atos-da-inaugura_o-da-Casa-da-L_ngua-Comum-25-abri

Pitões das Júnias, Montalegre, Portugal: III Jornadas das Letras Galego-Portuguesas

PROGRAMA
(Pitões das Júnias, Montalegre)

Dia 31 de Maio. Sábado (hora portuguesa)
10:00 h.: Apresentação das Jornadas.
10:15 h.: João Paredes: “A utilidade do celtismo. Celticidade galaica no S. XXI”.
11:15 h.: Rafa Quintia e Miguel Losada: “Celtismo, construção cultural e identidade”.
12:15 h.: Perguntas, questões e debate.
13:00 h.: Oinaikos Kallaikoi.
16:30 h.: Oinaikos Kallaikoi.
18:30 h.: Maria Dovigo: “O conto de Santo Amaro, desde a procura da ilha paradisíaca à diáspora dos galegos de Lisboa”.
19:30 h.: Debate, perguntas e questões.
20:30 h.: Folião celto-galaico.
21:00 h.: Atuação do Bruxo Queimam.
21:30 h.: Folião celto-galaico.

Dia 1 de Junho. Domingo (hora portuguesa)
10:00 h.: Abertura da sessão.
10:15 h.: Alberte Alonso: “Utilidade das pedra-fitas no neolítico como observadores astronómicos”.
11:15 h.: André Pena Granha: “Constituição política celta das galaicas trebas e toudos. Etno-arqueologia institucional”.
12:15 h.: Pedro Teixeira da Mota: “As fontes matriciais de Portugal”.
13:15 h.: Debate, perguntas e questões.
13:45 h.: Encerramento.

A gente pode acudir livremente às jornadas. Não há matrícula.”

Arteixo: macro-recital poético na Libraría Á lus do candil

O venres 27 de decembro, ás 20:30 horas, na Libraría Á lus do candil (Rúa Historiador Vedía, 3, baixo) de Arteixo, terá lugar un macro-recital poético aberto a quen desexe participar, baixo o título A poesía é o grande milagre do mundo. Participan: Iolanda Aldrei, Marica Campo, Maria Dovigo, José Estévez, María José Fernández López, Alfredo Ferreiro, Adela Figueroa, Modesto Fraga, Xosé Iglesias, Verónica Martínez DelgadoAlberte Momán, Ramiro Torres, Luís Valle e Ramiro Vidal Alvarinho.